Enter your search terms:
Top

EMPREENDIMENTOS DE INFRAESTRUTURA SETOR ELÉTRICO

A CARUSO JR. possui experiência em licenciamentos ambientais e gerenciamentos de linhas de transmissão e unidades de geração de energia. Atuando nas etapas prévias voltadas ao planejamento, análise de risco e locacional, elaboração dos estudos ambientais visando a obtenção das licenças prévias, de instalação e de operação, bem como no apoio à fase de operação do empreendimento, através da execução dos programas ambientais e inspeção e fiscalização de ativos. Dentre os empreendimentos atendidos neste segmento, destacam-se os complexos eólicos, fotovoltaicos, usinas termoelétricas, linhas de transmissão e hidrelétricas.

• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 500 kV Estreito – Itabirito 2. Minas Gerais. ATE XVIII
• Transmissora de Energia (ABENGOA CONCESSIONS).
• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 500 kV Presidente Dutra – Teresina II – Sobral III C3 e
• Subestações Associadas. Maranhão, Piauí e Ceará. ATE XX Transmissora de Energia
• (ABENGOA CONCESSIONS).
• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 230 kV Henry Borden – Manoel da Nóbrega e Subestação (SE) Manoel da Nóbrega. São Paulo. Empresa Litorânea de Transmissão de Energia – ELTE (ALUPAR).
• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 345 kV Domênico Rangoni – Tijuco Preto e Subestação Domênico Rangoni. São Paulo. Empresa Litorânea de Transmissão de Energia – ELTE (ALUPAR).
• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 500 kV Buritirama – Queimada Nova – Curral Novo do Piauí e Subestação Queimada Nova II. Piauí e Bahia. Sertaneja Transmissora de Energia (CYMI do Brasil).
• EIA/RIMA – Linha de Transmissão 500 kV Buritirama – Queimada Nova – Curral Novo do Piauí e Subestação Queimada Nova II. Piauí e Bahia. Sertaneja Transmissora de Energia (CYMI do Brasil).
• EIA/RIMA – Complexo Eólico Paraipaba. Ceará. HORTO GERAÇÃO DE ENERGIA E PARTICIPAÇÕES S.A. (RIO ENERGY).
• Estudo de Médio Impacto Ambiental (EMI) – Linha de Transmissão 500 kV Juazeiro III – Ourolândia. Bahia. BJL SPE Transmissora de Energia Elétrica S.A. (ALUPAR).
• RAS Linha de Transmissão 230 kV SE Paraipaba – SE Pecém II. Ceará. HORTO GERAÇÃO DE ENERGIA E PARTICIPAÇÕES S.A. (RIO ENERGY).
• EAS – Linha de Transmissão 138 kV Itaipava – Salseiros – Portonave. Santa Catarina. CPFL Energia S.A.
• EAS – Linha de Transmissão 138 kV Imbituba – Votorantim. Unidade de Moagem no município de Imbituba/SC. Votorantim Cimentos S.A.
• EAS – Linha de Transmissão 138 kV SE Apiúna – SE Vidal Ramos. Vidal Ramos/SC. Votorantim Cimentos S.A |Celesc Distribuição S.A.• RAS – Complexo Solar Bonito. Piauí. Força Eólica do Brasil. (NEOENERGIA).
• EIA/RIMA – Usina Termoelétrica THERMOAZUL. Tangará/SC. THERMOAZUL Usina de Energia Ltda.
• EIA/RIMA – Captação de água do mar e emissário de efluentes para o Complexo Termoelétrico na região do Porto de Pecém, São Gonçalo do Amarante/CE. ENEVA S.A.
• RAS – Complexo Fotovoltaico Alvorada. Bom Jesus da Lapa/BA. ENGIE Brasil Energia.

• RAS – Usina Termoelétrica Itajaí. Itajaí/SC. PARANÁ EQUIPAMENTOS S.A.
• ECA – Regularização do Licenciamento Ambiental de 41 Linhas de Transmissão e 62 Subestações nas regiões Norte e Vale do Itajaí/SC. CELESC Distribuição S.A.
• RDPA – Complexo Fotovoltaico Assú I, II e V. Assú/RN. ENGIE Brasil Energia.
• Monitoramento Ambiental – Programa de Resgate e Monitoramento da Fauna – Complexo Eólico Campo Largo. Sento Sé e Umburanas/BA. ENGIE Brasil Energia.
• Monitoramento Ambiental – Gestão Ambiental da Fase de Instalação do Complexo Eólico Campo Largo. Sento Sé e Umburanas/BA. ENGIE Brasil Energia.
• Elaboração de diagnóstico ambiental, PRAD e monitoramento ambiental da área da Subestação do CeFA e região de manguezal no entorno, Florianópolis/SC. CELESC Distribuição S.A.
• Monitoramento Ambiental da travessia dos cabos submersos da Linha de Transmissão 230 kV – Reforço Eletroenergético à Ilha de Santa Catarina. Florianópolis/SC. ELETROSUL Centrais Elétricas S.A.
• Programa de recomposição da mata ciliar no baixo São Francisco e Tributários Sergipe/Alagoas. Companhia Hidrelétrica do São Francisco. CHESF.
• Programa de Recuperação das áreas degradadas junto ao complexo hidrelétrico Paulo Afonso e Apolônio Sales. Bahia. Companhia Hidrelétrica do São Francisco. CHESF.
• Execução do Programa de Monitoramento da Fauna da Linha de Transmissão 230 kV Canoinhas – São Mateus, SC/PR. ATE IV São Mateus Transmissora de Energia S.A. (ABENGOA CONCESSIONS).
• Execução do Programa da Eficácia dos Sinalizadores de Avifauna na Linha de Transmissão 230kV Dona Francisca – Santa Maria. Rio Grande do Sul. ATE VI Campos Novos Transmissora de Energia S.A. (ABENGOA CONCESSIONS).
• Execução do Programa de Monitoramento da Fauna e Programa de Educação Ambiental e Comunicação Social da Linha de Transmissão 525 kV Curitiba – Bateias. Paraná. ATE IV São Mateus Transmissora de Energia S.A. (ABENGOA CONCESSIONS).
• Execução do Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental da Linha de Transmissão 230 kV Londrina – Maringá/PR. ATE V Londrina Transmissora de Energia S.A. (ABENGOA CONCESSIONS).